Feng Shui - Paraíso real e pessoal

Atualizado: 11 de jan.




O ideograma FENG significa Vento, e SHUI significa Água.



Hina, um ideograma sozinho tem um significado, mas, quando dois se juntam o significado muda.


Por exemplo: FENG SHUI não é mais “Vento e Água”, mas sim, “Bom ambiente” no uso popular.








Já no uso técnico o Feng Shui significa: “Técnica milenar chinesa com o intuito de nos proporcionar mais sorte e menos azar.”


Os Chineses consideram que o Mundo teve seu início com o TAO, Tai Ji.





O Todo e o Nada ao mesmo tempo, o que também é o numero um, o único, na medida que este único um se manifesta, temos as polaridades Yin e Yang e este par já se torna dois.


TAO (Taoísmo) significa o SER SUPREMO; é a razão e fonte encontrada em tudo o que tem existência no Mundo (TAU). E também significa a capacidade de fazer alguma coisa em completa harmonia com sua própria essência.




As forças combinadas e dependentes uma da outra, já são geradoras de todas as coisas que por sua vez são representadas pelo número três, e desta Trina, forma se a energia, na qual é subdividida em cinco tipos , que chamamos de Energias , que são elas: Fogo, Terra, Metal, Madeira e Água.




A Energia QUI ou CHI


É também chamado de Chi, Ki (em japonês), prana (sânscrito), Ga-llama (tibetano) e Calor Interno de Hipócrates. Para os sábios chineses, quando Yin e Yang entram no estado de equilíbrio, existe o Qì, a energia ou sopro vital.


O Qì é o movimento sutil de toda matéria. Existem vários tipos de Qì: o bom e o ruim, agradável e insuportável, vivo e morto, fluente e estagnado, possuidor de Líng (espírito) ou não, Celeste e terrestre, etc.


Lembramos que Yin e Yang estão em toda matéria e o Feng Shui é o movimento de toda matéria, então o estudo do Qì é essencial.


A Energia Qì sempre se movimenta em busca do equilíbrio, gerando forças construtivas (Ji) e as forças destrutivas (Shà).


Para reverter situações desfavoráveis, causadas por forças destrutivas (Shà), o bom consultor de Feng Shui usa suas habilidades e técnicas.



Shars:



Assim como temos a energia Ch’i, que é a essência da vida e do equilíbrio, temos os Shars, que são, para os chineses, malignas setas envenenadas que se movem em linha reta e chegam à nossa casa.


Causas comuns de Shars são casas que ficam no final de uma rua, com a rua acabando exatamente na porta de entrada. Telhados e quinas que apontam para a casa também criam Shars.


Uma solução é a utilização de espelhos, paredes ou plantas que possam quebrar a trajetória desses Shars.




Os dragões chineses estão associados a uma pérola de sabedoria que a persegue, ou é mantida na boca, sob o queixo ou nas garras. 
Diz-se que esta pérola brilhante é sua fonte de poderes sobrenaturais e, não surpreendentemente, os dragões a protegem ferozmente.
Em conexão com o dragão chinês e a pérola foi chamada a imagem do trovão, da lua, do sol, do ovo emblema das influências duais da natureza e a "pérola da potencialidade".




Cores:


Os efeitos poderosos das cores são conhecidos há milhares de anos. Seres humanos primitivos utilizavam as cores para se proteger do mal e aumentar a sorte e a virilidade. Os antigos chineses usavam as cores como símbolos e para representar a estações.


O verde simboliza a madeira, e representa a primavera.






O vermelho simboliza o fogo e representa o verão.






O amarelo e o laranja representam o sol lançando seus raios cálidos sobre a Terra, eles representam o fim do verão.





O branco simboliza o metal, e representa também o outono.


O azul simboliza a água e o inverno.



As cores exercem sobre nó efeitos positivos ou negativos.


Faber Birren, psicólogo especializado em cores, relata que pessoas normais tendem a apontar qualidades favoráveis nas diferentes cores, mas os neuróticos são mais propensos a notar o que é desfavorável.


Todos nos reagimos à cor, quer estejamos conscientes disso ou não. Imagine dormir num quarto vermelho sangue ou cozinhar uma refeição em uma cozinha preta como carvão. As cores conferem um certo clima ao aposento.


Algumas cores nos estimulam, outras nos irritam, enquanto outras nos aclamam. Fez-se uma experiência interessante há alguns anos, quando prisioneiros foram colocados em celas pintadas de rosa. Essa cor exauriu a agressão dos internos, e eles se tornaram prisioneiros modelo. Como essa experiência mostra, a cor pode causar efeitos radicais, por isso, precisamos ter cuidado ao escolher e utilizar as cores.






PRINCÍPIOS DO FENG SHUI



Pode se dizer que o maior princípio dessa prática é energizar os ambientes da forma correta, diminuindo energias negativas e potencializando as positivas.


Ela defende alguns básicos, confira abaixo:


Entrada de casa organizada: Não deixe bagunça principalmente na entrada de casa, isso atrai energia de acumulação e, consequentemente, energias negativas;


Mantenha sua cozinha limpa: A cozinha é o ambiente de encontros e refeições e a cultura chinesa valoriza muito esse ambiente;






Fogão: Como há uma valorização da cozinha e seus encontros na cultura chinesa, um dos seus princípios é cuidar bem do fogão, este carrega o simbolismo da abundância.

Plantas e verde: Espaços vazios não são ‘’bem vistos’’ por isso use plantas para ocupar esses espaços e trazer vida ao ambiente;


Paredes renovadas: evite que as paredes fiquem descascadas e sujas, o ideal é de tempos em tempos, mudar a cor do ambiente dando um ar de renovação ao espaço;

Itens quebrados: Objetos que estão quebrados significam perda e sofrimento, por isso conserte ou tire imediatamente da sua casa;


Espelhos: Não coloque espelhos de frente para a porta, a energia que entra no ambiente reflete no espelho e pode sair novamente;





Evite:


- Plantas e Flores Mortas ou murchas


As plantas e flores são um excelente elemento para atrair boa energia, desde que estejam vivas.


Plantas e flores murchas representam a morte, então invariavelmente trarão energias ruins para sua casa e podem afetar sua saúde. Além disso, vão atrapalhar o caminho da boa energia que já existe dentro do lar.









- Eletrodomésticos e TV no quarto


Ter televisores ou aparelhos eletrônicos grandes em seu espaço de descanso prejudica a boa energia, até mesmo quando estão desligados.




- Grandes espelhos no quarto


Durante suas horas de descanso, você continua refletindo sobre eles, o que pode fazer com que você acorde muito mais cansado e com possíveis dores de cabeça.



- Objetos acumulados


Para o Feng Shui, acumular objetos é sinônimo de energias ruins. Um espaço desordenado pode refletir uma mente caótica ou indicar uma vida sem equilíbrio.



Organize sua casa regularmente e receba as boas vibrações. Quando você se livra de objetos de que não precisa ou que evocam certas emoções negativas, você renova a energia que circula no lar.



- Relógios parados, sem bateria


Procure trocar a pilha ou a bateria dos relógios da casa assim que perceber que eles não estão mais funcionando. Se for demorar para realizar a troca, retire o objeto do lar.


Um relógio inutilizado em casa absorve a energia do lar e deixa os moradores estagnados.


- Objetos desnecessários


Móveis, papéis e outros objetos desnecessários atrapalham a livre circulação de boas energias. Livre-se do que você realmente não precisa mais e afasta a má sorte.



- Quadros, fotos e ilustrações tristes ou violentas



Pinturas e fotografias são geralmente as decorações mais usadas para criar uma atmosfera caseira e acolhedora. No entanto, é importante que você as escolha com cuidado.


As imagens violentas ou tristes expostas na parede de sua casa afetam o ambiente doméstico, o ânimo e o bem-estar dos moradores.Além disso, contribuem para a negatividade, a raiva e o estresse, emoções que nos desgastam física e emocionalmente.



- Objetos na porta


É importante que você não tenha nenhum objeto ou cadeado que dificulte a abertura da porta principal de sua casa. Se algo assim existe, o fluxo de energia positiva é prejudicado logo na entrada.




- Recordações de relacionamentos passados


Uma das melhores coisas para lidar com o luto pelo fim do seu relacionamento é se livrar dos objetos que seu ex-namorado lhe deu.


Ficar com bichinhos de pelúcia, fotografias e aqueles detalhes que fizeram parte da sua relação afetiva pode fazer com que energias negativas permaneçam em sua casa e em sua vida.



- Móveis e objetos pontiagudos


Móveis com cantos pontiagudos ou detalhes com pontas podem afetar seus centros de energia. É melhor ter mais peças com formas ovais ou arredondadas.



- Lâmpadas queimadas


Uma lâmpada queimada suga a energia de sua casa. Sempre que uma lâmpada parar de funcionar, tente trocá-la o mais rápido possível.



- Objetos quebrados ou danificados


Objetos quebrados criam energia densa e pesada que afeta o meio ambiente. Certifique-se de que todos os aparelhos, lâmpadas, fogão, canos e outros estejam funcionando corretamente.







2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo