Estoicismo é uma doutrina que se caracteriza por uma ética em que a imperturbabilidade, a extirpação das paixões e a aceitação resignada do destino são as marcas fundamentais do homem sábio, o único apto a experimentar a verdadeira felicidade.


Segundo o Estoicismo ou Filosofia Estóica, para viver em paz e com plenitude é preciso diferenciar o que se pode controlar do que não se tem controle.


Ao seguir esse princípio, paramos de nos influenciar pelas circunstâncias que não estão sob nosso controle e deixamos de desperdiçar tempo e energia, focando somente naquilo que está realmente ao nosso alcance e que é possível interferir.


O Estoicismo foi influenciado pela filosofia de Aristóteles, sábio que viveu na Grécia entre 384 A.C e 322 A.C.




Para Aristóteles o funcionamento do Cosmos é perfeito do jeito que é, e essa visão foi assimilada pelo Estoicismo.


Se observarmos o Universo como um todo, encontraremos sentindo na Vida e seus processos.


No Estoicismo, Deus não só envolve a parte espiritual, mas também a física. Por isso, o Divino pode ser extraído e captado em cada experiência humana.




Independente de concordarmos com os acontecimentos da existência ou não, a Terra continua girando ao redor do Sol, todos um dia iremos morrer e outros nascerão.


Estes fenômenos fazem parte da ordem cósmica, não podemos mudar, mas, o que está ao nosso alcance fazer é aproveitar o tempo de nossa existência e vivermos o melhor que pudermos, aprendendo com o TODO.


Posteriormente à Aristóteles, aproximadamente 3 séculos antes de Cristo, foi fundada na Grécia Antiga a escola do Estoicismo, por Zenão de Cítio, que viveu por volta de de 344 A.C até 262 A.C.


Ele ensinava essa filosofia nos Pórticos dos monumentos da Grécia Antiga.

Pórtico em grego era chamado de STOA, de onde derivou a palavra Estoicismo.




Sêneca, Epípeto e Marco Aurélio foram os maiores divulgadores do Estoicismo.





A existência está sempre em movimento e vivemos em um mundo de constantes mudanças. Por isso, diante da efemeridade e inconstância da Vida, ocorre o imprevisível e não temos o controle de várias situações da vida.


Diante desse fato incontestável, precisamos ter serenidade e equilíbrio, para pelo menos manter o controle sobre nós mesmos.


Sendo assim, o Estoicismo nos ajuda a lidar com nossas emoções negativas, e a desenvolvermos nossa tenacidade para encarar melhor nossos desafios.




Encare suas limitações e dificuldades


Para Sêneca, é necessário enfrentar o que se tem medo e não se acostumar com a zona de conforto, pois, ao viver o que se teme, a dificuldade diminui e se desenvolve mais firmeza e força para lidar com as adversidades.


Caso contrário, o conforto gera comodismo e resistência de encarar as mudanças e o novo que está por vir, afinal, a existência é passageira e cheia de desafios!





Estamos aqui de passagem


Marco Aurélio orientava: “receba sem orgulho, deixe ir sem apego“.

Tanto as vitórias, como as derrotas, são passageiras. Este fundamento do Estoicismo nos incita ao desapego e a viver de forma mais presente, lúcida e realista.



Viva o que realmente importa!


De fato tudo passa, o que vale é quem realmente somos em essência!

Tudo é efêmero e o que importa é viver com presença o agora.

“Não ponha seu coração em tantas coisas”, já dizia Epiteto.

Não adianta ter o mundo e perder a si mesmo!


Viva cada dia, como se não existisse amanhã


Marco Aurélio ensinava:

“Esta é a marca da perfeição do caráter, viver cada dia como se fosse o seu último, sem frenesi, preguiça ou qualquer fingimento.”


“Que cada coisa que você faça, fale, seja ou pretenda ser, seja como se você estivesse à beira da morte.”

Lembrar de nossa mortalidade nos convida a viver mais inteiros no momento presente. Dessa forma poderemos vivenciar o que realmente importa.


Aja mais com o coração, viva o que tem para viver e faça acontecer!


Flua com a Vida


Grande parte do sofrimento e da infelicidade do ser humano se deve ao fato dele não aceitar aquilo que não pode mudar e não tem controle.


Ao se extrair dessas experiências, aprendizado, sabedoria, aperfeiçoamento e transformação, se flui melhor com a Vida.




Abra-se para o novo



Segundo Epiteto:

“É impossível para uma pessoa começar a aprender o que ela acha que já sabe.”


Partindo dessa premissa, para viver bem é preciso se abrir para a Vida, aceitando e se adaptando às mudanças!


Foque em você e pare de julgar os outros


Sêneca escreveu:

“Deixe sua filosofia lidar com suas próprias falhas, ao invés de ser uma maneira de reclamar dos erros dos outros.”


Focando em nós mesmos, fazendo nossa parte para ser um problema a menos no mundo, e até servindo de exemplo para outras pessoas fazerem o mesmo.


O mal está não só em quem o faz, mas também, naquele que deixa de fazer o bem


De acordo com Marco Aurélio:

“Muitas vezes a injustiça está no que você NÃO está fazendo, e não só no que está fazendo.”

A resistência, a omissão e o medo, são formas de ser conivente com a injustiça, de deixar de fazer o bem e avançar na vida. Por isso o mal, está também em quem deixa de fazer o bem.






Seja humilde


A morte nos iguala, tanto reis, como mendigos morrem e viram pó!

Todos somos mortais e sobre isso Marco Aurélio escreveu:

“Tanto Alexandre, o Grande, quanto seu cuidador de mulas foram trazidos ao mesmo lugar pela morte.”

O que pode mudar mude, mas o que não pode, supere


Sêneca aconselhava:

“Se você realmente quer escapar das coisas que o incomodam, o que precisa não é estar em um lugar diferente, mas ser uma pessoa diferente.”








0 visualização0 comentário

Atualizado: 11 de jan.




O ideograma FENG significa Vento, e SHUI significa Água.



Hina, um ideograma sozinho tem um significado, mas, quando dois se juntam o significado muda.


Por exemplo: FENG SHUI não é mais “Vento e Água”, mas sim, “Bom ambiente” no uso popular.








Já no uso técnico o Feng Shui significa: “Técnica milenar chinesa com o intuito de nos proporcionar mais sorte e menos azar.”


Os Chineses consideram que o Mundo teve seu início com o TAO, Tai Ji.





O Todo e o Nada ao mesmo tempo, o que também é o numero um, o único, na medida que este único um se manifesta, temos as polaridades Yin e Yang e este par já se torna dois.


TAO (Taoísmo) significa o SER SUPREMO; é a razão e fonte encontrada em tudo o que tem existência no Mundo (TAU). E também significa a capacidade de fazer alguma coisa em completa harmonia com sua própria essência.




As forças combinadas e dependentes uma da outra, já são geradoras de todas as coisas que por sua vez são representadas pelo número três, e desta Trina, forma se a energia, na qual é subdividida em cinco tipos , que chamamos de Energias , que são elas: Fogo, Terra, Metal, Madeira e Água.




A Energia QUI ou CHI


É também chamado de Chi, Ki (em japonês), prana (sânscrito), Ga-llama (tibetano) e Calor Interno de Hipócrates. Para os sábios chineses, quando Yin e Yang entram no estado de equilíbrio, existe o Qì, a energia ou sopro vital.


O Qì é o movimento sutil de toda matéria. Existem vários tipos de Qì: o bom e o ruim, agradável e insuportável, vivo e morto, fluente e estagnado, possuidor de Líng (espírito) ou não, Celeste e terrestre, etc.


Lembramos que Yin e Yang estão em toda matéria e o Feng Shui é o movimento de toda matéria, então o estudo do Qì é essencial.


A Energia Qì sempre se movimenta em busca do equilíbrio, gerando forças construtivas (Ji) e as forças destrutivas (Shà).


Para reverter situações desfavoráveis, causadas por forças destrutivas (Shà), o bom consultor de Feng Shui usa suas habilidades e técnicas.



Shars:



Assim como temos a energia Ch’i, que é a essência da vida e do equilíbrio, temos os Shars, que são, para os chineses, malignas setas envenenadas que se movem em linha reta e chegam à nossa casa.


Causas comuns de Shars são casas que ficam no final de uma rua, com a rua acabando exatamente na porta de entrada. Telhados e quinas que apontam para a casa também criam Shars.


Uma solução é a utilização de espelhos, paredes ou plantas que possam quebrar a trajetória desses Shars.




Os dragões chineses estão associados a uma pérola de sabedoria que a persegue, ou é mantida na boca, sob o queixo ou nas garras. 
Diz-se que esta pérola brilhante é sua fonte de poderes sobrenaturais e, não surpreendentemente, os dragões a protegem ferozmente.
Em conexão com o dragão chinês e a pérola foi chamada a imagem do trovão, da lua, do sol, do ovo emblema das influências duais da natureza e a "pérola da potencialidade".




Cores:


Os efeitos poderosos das cores são conhecidos há milhares de anos. Seres humanos primitivos utilizavam as cores para se proteger do mal e aumentar a sorte e a virilidade. Os antigos chineses usavam as cores como símbolos e para representar a estações.


O verde simboliza a madeira, e representa a primavera.






O vermelho simboliza o fogo e representa o verão.






O amarelo e o laranja representam o sol lançando seus raios cálidos sobre a Terra, eles representam o fim do verão.





O branco simboliza o metal, e representa também o outono.


O azul simboliza a água e o inverno.



As cores exercem sobre nó efeitos positivos ou negativos.


Faber Birren, psicólogo especializado em cores, relata que pessoas normais tendem a apontar qualidades favoráveis nas diferentes cores, mas os neuróticos são mais propensos a notar o que é desfavorável.


Todos nos reagimos à cor, quer estejamos conscientes disso ou não. Imagine dormir num quarto vermelho sangue ou cozinhar uma refeição em uma cozinha preta como carvão. As cores conferem um certo clima ao aposento.


Algumas cores nos estimulam, outras nos irritam, enquanto outras nos aclamam. Fez-se uma experiência interessante há alguns anos, quando prisioneiros foram colocados em celas pintadas de rosa. Essa cor exauriu a agressão dos internos, e eles se tornaram prisioneiros modelo. Como essa experiência mostra, a cor pode causar efeitos radicais, por isso, precisamos ter cuidado ao escolher e utilizar as cores.






PRINCÍPIOS DO FENG SHUI



Pode se dizer que o maior princípio dessa prática é energizar os ambientes da forma correta, diminuindo energias negativas e potencializando as positivas.


Ela defende alguns básicos, confira abaixo:


Entrada de casa organizada: Não deixe bagunça principalmente na entrada de casa, isso atrai energia de acumulação e, consequentemente, energias negativas;


Mantenha sua cozinha limpa: A cozinha é o ambiente de encontros e refeições e a cultura chinesa valoriza muito esse ambiente;






Fogão: Como há uma valorização da cozinha e seus encontros na cultura chinesa, um dos seus princípios é cuidar bem do fogão, este carrega o simbolismo da abundância.

Plantas e verde: Espaços vazios não são ‘’bem vistos’’ por isso use plantas para ocupar esses espaços e trazer vida ao ambiente;


Paredes renovadas: evite que as paredes fiquem descascadas e sujas, o ideal é de tempos em tempos, mudar a cor do ambiente dando um ar de renovação ao espaço;

Itens quebrados: Objetos que estão quebrados significam perda e sofrimento, por isso conserte ou tire imediatamente da sua casa;


Espelhos: Não coloque espelhos de frente para a porta, a energia que entra no ambiente reflete no espelho e pode sair novamente;





Evite:


- Plantas e Flores Mortas ou murchas


As plantas e flores são um excelente elemento para atrair boa energia, desde que estejam vivas.


Plantas e flores murchas representam a morte, então invariavelmente trarão energias ruins para sua casa e podem afetar sua saúde. Além disso, vão atrapalhar o caminho da boa energia que já existe dentro do lar.









- Eletrodomésticos e TV no quarto


Ter televisores ou aparelhos eletrônicos grandes em seu espaço de descanso prejudica a boa energia, até mesmo quando estão desligados.




- Grandes espelhos no quarto


Durante suas horas de descanso, você continua refletindo sobre eles, o que pode fazer com que você acorde muito mais cansado e com possíveis dores de cabeça.



- Objetos acumulados


Para o Feng Shui, acumular objetos é sinônimo de energias ruins. Um espaço desordenado pode refletir uma mente caótica ou indicar uma vida sem equilíbrio.



Organize sua casa regularmente e receba as boas vibrações. Quando você se livra de objetos de que não precisa ou que evocam certas emoções negativas, você renova a energia que circula no lar.



- Relógios parados, sem bateria


Procure trocar a pilha ou a bateria dos relógios da casa assim que perceber que eles não estão mais funcionando. Se for demorar para realizar a troca, retire o objeto do lar.


Um relógio inutilizado em casa absorve a energia do lar e deixa os moradores estagnados.


- Objetos desnecessários


Móveis, papéis e outros objetos desnecessários atrapalham a livre circulação de boas energias. Livre-se do que você realmente não precisa mais e afasta a má sorte.



- Quadros, fotos e ilustrações tristes ou violentas



Pinturas e fotografias são geralmente as decorações mais usadas para criar uma atmosfera caseira e acolhedora. No entanto, é importante que você as escolha com cuidado.


As imagens violentas ou tristes expostas na parede de sua casa afetam o ambiente doméstico, o ânimo e o bem-estar dos moradores.Além disso, contribuem para a negatividade, a raiva e o estresse, emoções que nos desgastam física e emocionalmente.



- Objetos na porta


É importante que você não tenha nenhum objeto ou cadeado que dificulte a abertura da porta principal de sua casa. Se algo assim existe, o fluxo de energia positiva é prejudicado logo na entrada.




- Recordações de relacionamentos passados


Uma das melhores coisas para lidar com o luto pelo fim do seu relacionamento é se livrar dos objetos que seu ex-namorado lhe deu.


Ficar com bichinhos de pelúcia, fotografias e aqueles detalhes que fizeram parte da sua relação afetiva pode fazer com que energias negativas permaneçam em sua casa e em sua vida.



- Móveis e objetos pontiagudos


Móveis com cantos pontiagudos ou detalhes com pontas podem afetar seus centros de energia. É melhor ter mais peças com formas ovais ou arredondadas.



- Lâmpadas queimadas


Uma lâmpada queimada suga a energia de sua casa. Sempre que uma lâmpada parar de funcionar, tente trocá-la o mais rápido possível.



- Objetos quebrados ou danificados


Objetos quebrados criam energia densa e pesada que afeta o meio ambiente. Certifique-se de que todos os aparelhos, lâmpadas, fogão, canos e outros estejam funcionando corretamente.







2 visualizações0 comentário

Atualizado: 11 de jan.



Grigori Petrovich Grabovoi – nascido a 14 de novembro de 1963, em Kirov, no Cazaquistão –médium 100% paranormal, numerólogo, matemático, cientista e ocultista, nos convida a retornarmos a nossa casa na 5ª dimensão, através do amor e da gratidão na norma do Criador.


Com cinco doutorados antes dos 36 anos, o misterioso revolucionário Grigori Grabovoi decodificou os números que permitem a humanidade se relacionar com o Universo.




" O que desejo para mim, desejo para todos!" - GG



Atualmente, colabora com o governo russo em várias questões, é doutor em Ciências e acadêmico com graduação na Faculdade de Matemática Aplicada e Mecânica, formação em saúde e também na Academia Internacional de Informatização, membro correspondente da Academia de Ciências da Rússia e Conselheiro do Serviço Federal de Aviação russo, publicou seu livro, de três volumes, “A prática do controle, o caminho para a salvação”.


GG, como prefere ser chamado, propõe a busca imediata da harmonia, da felicidade e do amor!


A única saída para a humanidade é a Harmonização Global, afirma.

Em seus livros, ele disponibiliza mais de trinta mil códigos para ajudar no alinhamento planetário. Existe uma sequência específica para cada coisa que esteja causando atrasos.


O método foi criado para a salvação global, portanto, quanto mais se pedir para a harmonização do planeta, maior a chance de se obter resultados pessoais. A técnica tem como base harmonizar a energia positiva e fazer um alinhamento das faixas vibratórias, uma composição que, quando vibrando todos na mesma frequência, cria-se uma faixa elevada, beneficiando os que estão com a mesma dificuldade.


A energia é o resultado de um volume de informações, associada à capacidade de perceber esse volume no espaço. Quanto mais essa capacidade aumenta, mais se percebe a energia para ser criada e criar. Acima de tudo, esta percepção traz a energia para um estado primário de pureza, que liberta qualquer tipo de condicionamento, interferência e informação negativa, como crenças limitantes que nos foram ensinadas durante toda a vida.





Essas sequências penetram no campo energético, impedindo qualquer desvio que possa nos tirar da norma do Criador, e também se aplica a todas as emoções negativas, formas de pensamento, entidades espirituais, governos da sombra, pessoas e projetos de manipulação em massa, como o HAARP, removendo a energia negativa em qualquer situação, seja em relação de trabalho, amizade, família ou entre casais.





Ao nascermos, a nossa alma se manifesta num corpo que tem um tempo determinado de vida, mas esse tempo pode ser gerenciado e os códigos ajudam em tudo!





Saiba detalhes sobre a Técnica de Grabovoi no site abaixo:


http://grabovoinapratica.com.br/


Basicamente, cada número vai significar uma coisa e após compilar todos eles pode completar mensagens e realizar pedidos para a sua vida. Deixamos logo de seguida o que significam todos eles.


1 – Início de todas as coisas

O número 1 está associado ao começo de todas as coisas, toda a vida e toda a existência na terra. Está ainda ligado ao início do universo. De modo geral, representa o começo, o início e o começo de tudo nas nossas vidas.


2 – Realização dos desejos

O número 2 está ligado à realização dos desejos, mas também à sua fuga quando é necessário. De modo geral, está ligado à ação das nossas vidas, ao movimento necessário para ter a ação e à fuga, que por vezes é necessária.


3 – Alcançar os objetivos

O número três está diretamente ligado aos nossos objetivos alcançados, à obtenção de grandes resultados e à chagada à “meta”. Neste caso, simboliza que pode ou não estar conseguindo atingir todos os seus objetivos e sonhos.


4 – Relação com o mundo externo

O número quatro significa a humanidade, a comunicação e o diálogo com todas as outras pessoas. Está ligado à relação que você tem com o mundo e com as pessoas, neste caso está transmitindo que essa ligação está muito forte e positiva.


5 – Dar valor a você própria/o

De todos os números de Grabovoi, o cinco é um dos mais marcantes. Ele está tentando lhe transmitir que deve ter mais amor próprio, mais estima por você e mais preocupação.


6 – Importância dos seus princípios

Ocorreu uma imagem em sua cabeça que lhe mostrou a grande importância dos princípios da vida. Você terá mais ética, mais valores e mais respeito pela vida. Significa também o amadurecimento perante a vida.


7 – Desenvolvimento nas conexões

Vai haver um desenvolvimento positivo nas conexões da sua vida. Existirá uma melhor conexão a nível das amizades, da família e também da vida amorosa.


8 – Estruturação da sua vida

Aqui vai ver que ultrapassou alguns limites e que vai ter de haver uma boa estruturação da sua vida. Descobrirá coisas que nunca pensou serem possíveis de acontecer.


9 – Ligação a Deus Nosso Senhor

Vai se aperceber da sua ligação com o Criador, ou seja, vai haver um aumento da sua fé e da sua ligação a Deus Nosso Senhor.


0 – Transformação

O número zero está relacionado com a transição da sua vida, com a transformação e com a passagem para outras coisas. Precisa se preparar para todas as mudanças que se aproximam.











94 visualizações0 comentário